para a parede

Quando eu era pequena, tinha em casa a ‘parede da bebel’ – uma parede em que meus pais me deixavam fazer tudo o que quisesse: riscar, colar coisas, rasgá-las e colar outras por cima – o que desse na telha.

Agora quero fazer uma nova versão desta parede, no corredor dos quartos de casa – rá… porque a gente se emancipa e sai de casa, mas crescer mesmo, só para o que é estritamente necessário!

Nessa parede vou colar adesivos com frases bonitas, bem construídas, que valorizem a profundidade da nossa alma.

Todos estão convidados a criar e indicar frases assim. Auto-ajuda barata, não. De resto, fiquem à vontade em http://piratepad.net/2PKysYQkaI

Um beijo e obrigada!

Anúncios